ROSA DE NINGUEM

Código: 89CDDTP76 Marca:
R$ 52,00 R$ 41,00
ou R$ 39,77 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 41,00 PagSeguro
    • 1x de R$ 41,00 sem juros
    • 2x de R$ 20,50 sem juros
    • 3x de R$ 13,67 sem juros
    • 4x de R$ 10,25 sem juros
    • 5x de R$ 8,45
    • 6x de R$ 7,14
    • 7x de R$ 6,21
    • 8x de R$ 5,51
  • R$ 39,77 Deposito
  • R$ 40,18 Boleto Bancário
  • R$ 41,00 Entrega
  • R$ 41,00 Mercado Pago PIX
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

ROSA DE NINGUÉM (1963) é um dos principais livros de Paul Celan, escritor cuja vida e obra foram profundamente marcadas pela experiência da Shoah e que é hoje reconhecido como um dos poetas mais importantes de língua alemã. Dois fatos foram determinantes para a escrita do livro: uma campanha difamatória de caráter antissemita promovida então contra Celan, e sua descoberta do poeta russo, também judeu, Óssip Mandelstam (a quem a obra é dedicada), com o qual sente uma identificação plena.
Em seu discurso de agradecimento pelo Prêmio de Literatura da Cidade de Bremen, em 1958, pouco antes de começar a trabalhar no livro, Celan diz que, em meio a todas as perdas que sofreu, a língua foi a única coisa que não se perdeu: “Mas ela teve de atravessar sua própria falta de resposta, teve de atravessar um emudecimento terrível, teve de atravessar as trevas sem fim do discurso mortífero. Fez essas travessias e pôde voltar à tona, ‘enriquecida’ por tudo isso”.
É nessa língua decantada, atravessada pelo trauma e reforjada nas sombras e no silêncio que Celan constrói sua poesia de resistência e de afirmação radical da vida, aqui belamente recriada na tradução de Mauricio Mendonça Cardozo: “Um nada/ éramos, somos, continuaremos/ sendo, florescendo:/ a rosa de nada, a/ rosa de ninguém”.


Sobre o autor

Paul Celan, pseudônimo de Paul Antschel, nasceu em 1920 em Tchernivtsi, na Romênia (cidade hoje pertencente à Ucrânia). Sua família pertencia a uma comunidade judaica que prosperara durante os 150 anos de domínio austríaco na região. Celan cresceu falando alemão em casa e romeno na escola. Também entendia iídiche e mais tarde se tornaria fluente em francês, russo e ucraniano, entre outros idiomas. Mas foi o alemão a língua que escolheu para escrever sua obra poética. Em 1939, com o início da guerra, Celan abandona os estudos de medicina iniciados em Tours, na França, e se matricula em filologia românica na Universidade de Tchernivtsi. Em 1940, como resultado do pacto entre Hitler e Stálin, Tchernivtsi é ocupada por tropas soviéticas, e no ano seguinte, com o colapso do pacto, pelas forças alemãs e romenas. Seus pais são deportados para um campo de concentração alemão onde morrem tragicamente em 1942. O próprio Celan passa por uma série de campos de trabalho ao longo de 18 meses, até a libertação da Romênia pelo Exército Vermelho em 1944. Após a guerra, Celan emig

Produtos relacionados

R$ 52,00 R$ 41,00
ou R$ 39,77 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Loja tradicional localizada no centro de Florianópolis há mais de 50 anos no ramo de revistas, livros, HQ's,mangás, Dvd's clássicos, colecionáveis entre outros, Horário de Atendimento: 08:00 à 19:00 (Loja Física) e 10:00 à 16:00 (Dúvidas da Loja Virtual).

Social
Pague com
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Joreli comercio de jornais revistas e livros ltda - CNPJ: 75.393.173/0001-16 © Todos os direitos reservados. 2021