DIATRIBE DE AMOR CONTRA UM HOMEM SENTADO - RECORD

Código: PMLSHHW7Z Marca:
R$ 54,90 R$ 48,00
ou R$ 46,56 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 48,00 PagSeguro
    • 1x de R$ 48,00 sem juros
    • 2x de R$ 24,00 sem juros
    • 3x de R$ 16,00 sem juros
    • 4x de R$ 12,00 sem juros
    • 5x de R$ 9,94
    • 6x de R$ 8,42
    • 7x de R$ 7,34
    • 8x de R$ 6,53
    • 9x de R$ 5,90
    • 10x de R$ 5,40
  • R$ 46,56 Deposito
  • R$ 47,04 Boleto Bancário
  • R$ 48,00 Entrega
  • R$ 48,00 Mercado Pago PIX
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

 

 

Publicada originalmente em 1987 e inédita no Brasil, Diatribe de amor contra um homem sentado é a única peça escrita por Gabriel García Márquez. É o relato íntimo e sincero de uma mulher prestes a completar 25 anos de casada. ?Nada se parece tanto com o inferno como um casamento feliz! Assim começa Graciela Jaraiz de la Vera, esposa de um homem acomodado, neto de um marquês, às vésperas das bodas de prata de seu casamento. Assim começa seu monólogo, seu diálogo frustrado sobre a felicidade pública e a infelicidade íntima, sobre o paralelo entre a ascensão social e o crescimento do desgosto. Graciela se dirige ao marido, mas ele nada diz, limita-se a ficar sentado de terno escuro na poltrona lendo o jornal. Na verdade, de acordo com García Márquez, trata-se de um manequim, um objeto sobre o qual ela projeta o desencanto de uma vida marcada pela perda: da confiança nele, do respeito por ele, do valor de seus sentimentos por ele. Tudo para descobrir que, apesar de seus rancores, ela não consegue deixar de amá-lo. Inédito no Brasil, Diatribe de amor contra um homem sentado é um monólogo em um ato para uma única atriz, a única peça escrita por Gabriel García Márquez. Encenada pela primeira vez em Buenos Aires, em 1988, no IV Festival Ibero-Americano de Teatro, este livro é um texto curto, mas de inigualável profundidade. União do trágico e do satírico, ele é a reconstrução de uma vida a dois, o retrato de uma mulher prisioneira de um amor que sabe não ter como compartilhar. O certo é que a felicidade não é como dizem, que só dura um instante, e a gente só fica sabendo que teve quando ela já se acabou. A verdade é que ela dura enquanto dura o amor, porque com amor até morrer é bom. Um autêntico original de García Márquez, poético, sentencioso, transbordando prazeres terrenos - El País.

 

Produtos relacionados

R$ 54,90 R$ 48,00
ou R$ 46,56 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Loja tradicional localizada no centro de Florianópolis há mais de 50 anos no ramo de revistas, livros, HQ's,mangás, Dvd's clássicos, colecionáveis entre outros, Horário de Atendimento: 08:00 à 19:00 (Loja Física) e 10:00 à 16:00 (Dúvidas da Loja Virtual).

Social
Pague com
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Joreli comercio de jornais revistas e livros ltda - CNPJ: 75.393.173/0001-16 © Todos os direitos reservados. 2022